Aparelho Autoligado de Super Estético

Cada vez mais o chamado sorriso metálico cai em desuso quando o assunto é ortodontia. A tendência do momento são os “aparelhos invisíveis”, tão discretos que se confundem com o sorriso do paciente. Entre as opções disponíveis no mercado, destaque para o aparelho autoligável de safira, modelo que se diferencia não apenas pela estética, mas também pelos resultados, segundo a ortodontista Letiele Furlan. “O método autoligável não utiliza as ligaduras elásticas do aparelho tradicional, as famosas borrachinhas que unem o arco (fio) ortodôntico ao bráquete. Além de acumular bactérias, observou-se que elas atrasam o tratamento em função do grande atrito gerado”, afirma a especialista.

Com o arco preso diretamente às travas do bráquete, o aparelho autoligável aumenta, consideravelmente, o conforto do paciente e a eficácia do tratamento. Ele também facilita a higienização e diminui o número de visitas ao dentista, já que a manutenção pode ser feita a cada dois meses e não mais de 30 em 30 dias.

Sorriso saudável e cristalino

O custo benefício é ainda maior para o paciente que optar pelo modelo autoligável de safira, já que poderá alinhar os dentes sem prejudicar o visual. Os bráquetes são mais cristalinos e discretos até mesmo que os do modelo de porcelana, já bastante conhecido.

Para uma estética ainda mais clean, os arcos metálicos são revestidos de teflon na cor branca, material que impede a aderência de alimentos evitando possíveis manchas. “O aparelho de safira é altamente resistente e se mantem transparente durante todo o tratamento, sem a necessidade de substituição. Em qualquer tonalidade de dente, ele será praticamente imperceptível”, reforça a profissional.